Informação sobre bronquite, causas, sintomas e tratamento da bronquite, com diagnóstico de bronquite aguda e crônica. Detalhe sobre a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) e outras doenças respiratórias, incluindo formas de prevenção.


terça-feira, 16 de setembro de 2014

Formas de tratamento da bronquite

A bronquite geralmente desaparece por si, mas os tratamentos podem ajudar a melhorar os sintomas de forma mais rápida, fazendo com que se sinta melhor mais rapidamente.
Existem algumas evidências de que os antibióticos melhoram a tosse associada à bronquite, diminuindo a sua duração em um dia. Mas os antibióticos não vão parar a tosse durante a noite, nem reduzir a quantidade de muco ou ajudá-lo a voltar ao normal mais cedo.
Os médicos não costumam prescrever antibióticos para a bronquite. O benefício é pequeno, e antibióticos podem causar efeitos secundários. Além disso, bronquite geralmente é causada por um vírus, e antibióticos não funcionam contra os vírus.
Os efeitos colaterais dos antibióticos podem incluir uma dor de estômago, náuseas, dores de cabeça ou mesmo erupção cutânea, embora estes problemas sejam geralmente ligeiros.
Medicamentos chamados antitussígenos destinam-se a parar a tosse. Algumas pessoas reagem bem a estes medicamentos e considera-os úteis para obter uma boa noite de sono. Antitussígenos frequentemente contem anti-histamínico. Alguns anti-histamínicos, como a difenidramina, podem torná-lo sonolento .Este poderá ser o motivo pelo qual alguns antitussígenos podem ajudá-lo a dormir.
Há também outros tipos de antitussígenos. Aqueles que se podem comprar sem receita médica, muitas vezes contêm dextrometorfano. Não existem comprovativos claros de que este tipo de antitussígenos possam ajudar a melhorar a tosse ou outros sintomas.
Antitussígenos podem fazer com que deixe de tossir muco. Isto poderia ser prejudicial no caso de existir um problema subjacente, como a bronquite crônica.
Medicamentos chamados expectorantes destinam-se a ajudar na tosse com muco. Numa farmácia podem encontrar-se diversos tipos de fármacos, contendo muitas substâncias diferentes, incluindo guaifenesin, squill, e cloreto de amónio. Eles são muitas vezes combinados com analgésicos e medicamentos chamados descongestionantes. Mas não há comprovativos reais de que estes produtos que visam limpar o muco, possam ajudar a combater a bronquite.
Você pode sempre optar por tomar analgésicos, como paracetamol, e beber muitos fluidos.

Os prognósticos para a resolução da bronquite são bons. A tosse deve esclarecer em cerca de sete a 10 dias, mas pode durar mais tempo. Por vezes a tosse persiste por três semanas ou mais. No caso de apresentar uma tosse grave e difícil de controlar, ou outro tipo de sintomas, como febre alta, deve consultar o seu médico.
Algumas outras condições podem agravar a bronquite, como por exemplo no caso do paciente apresentar asma, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), ou doença cardíaca. A bronquite pode em alguns casos piorar. Deve consultar o seu médico sempre que esta situação ocorrer, já que pode ser necessário ajustar o tratamento que está a implementar.

Índice dos artigos relativos a Bronquite

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL